quarta-feira , agosto 15 2018

Algodão: Com demanda da indústria de ração, preço caroço no MT está 37% maior neste ano

A alta nos preços do farelo de soja, do milho e a quebra da produtividade na safra 15/16, foram fatores que contribuíram com a valorização do caroço de algodão neste ano a patamares antes não registrados

O preço médio mensal de nov/16 está cotado a R$ 711,51/t, até o momento, 37% maior que o mesmo período do ano passado, quando o valor era de R$ 520,30/t, e 43% maior que a média dos últimos cinco anos, qualificada em R$ 494,58/t.

Por ser destinado principalmente à alimentação animal, o preço do caroço vem sendo pressionado pela demanda crescente dos confinadores. Assim, a conjuntura atual do mercado de caroço situa-se numa “queda de braço” entre compradores e vendedores.

Negócios ocorrem de forma lenta e localizada, esse impasse no mercado tende a perdurar até que novos fundamentos surjam e orientem a comercialização do produto.

Fonte: Portal do Agronegócios

Comentários

comentários

Tente de novo

Justiça Federal nega tentativa da defesa e confirma legalidade de escutas na Lama Asfáltica

3ª Vara também reafirmou competência para julgar desvios de verba do BNDES O juiz da ...