domingo , janeiro 21 2018

Com fim da taxa de lixo, Central do IPTU atrai poucos contribuintes

Diferente dos últimos dias, a Central do IPTU, ao lado da Prefeitura de Campo Grande, não tinha fila quilométrica na porta antes do início do horário de atendimento, às 8h. Nesta quinta-feira (11), antes da 7h, oito pessoas estavam no local para esperar a abertura das portas. Todas elas querem a isenção do imposto.

Depois que na segunda-feira (8), a Prefeitura de Campo Grande decidiu que o a polêmica taxa de lixo poderia ser paga com prazo diferente do IPTU, contribuintes lotaram a central para fazer a emissão dos novos boletos, em separado. Eles se misturavam àqueles que buscaram os atendentes para pedir a revisão de cálculo do tributo emitido para estes com valores muito diferentes do cobrado em 2017.

No fim da tarde de ontem, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) anunciou que extinguiria a taxa de lixo e prorrogaria o prazo para pagar o IPTU à vista com 20% de desconto para até 23 de fevereiro.

Todo este esforço dos que enfrentaram horas em filas nas duas centrais de atendimento foi em vão, mas nesta quinta-feira houve quem contava com a presença de desavisados e decidiu ir cedo para a Central da IPTU para garantir que seria uma das primeiras pessoas atendidas.

Foi o caso de Vilma Rita de Oliveira, 60. Por ser pensionista, ela revela que está isenta do IPTU há oito anos, mas que neste início de 2018, o carnê chegou a casa dela.

Vilma chegou a ser atendida nesta quarta-feira para requerer a isenção, mas foram solicitados documentos a elas. “Eu vim bem cedo porque quando eu cheguei ontem a fila estava dobrando a esquina. Achei que estaria assim de novo”, contou sobre ter chegado às 6h15 no local, sabendo que teria de esperar ao menos uma hora e 45 minutos para ser atendida.

Fim da taxa – Com decisão do prefeito de revogar da lei que instituiu a taxa do lixo em Campo Grande, a Prefeitura de Campo Grande vai emitir novamente todos os carnês do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para os contribuintes.

O processo deve ser concluído até 10 de fevereiro, garantindo àqueles que ainda não pagaram o tributo efetuar a quitação, total ou parcial, sem a tarifa. Já a forma de ressarcimento aos proprietários de imóveis que já pagaram a taxa ainda será definido.

 

Fonte: Campo Grande News

Comentários

comentários

Tente de novo

Motorista invade praia em Copacabana, atropela pedestres e mata bebê

Um motorista atropelou pedestres ao invadir o calçadão e a praia Praia de Copacabana, na ...