quinta-feira , agosto 16 2018

“Tive todo tipo de prejuízo”, diz sócio de autoescola invadida por caminhonete

O empresário Paulo Silva, 55 anos, sócio-proprietário da Autoescola 1ª Opção, invadida nesta madrugada por uma caminhonete desgovernada, relatou que os prejuízos foram vários. Os danos não se restringem apenas à estrutura destruída, mas também aos transtornos causados para o atendimento em geral.

Conforme noticiado, a Mitsubishi L200 conduzida por um homem de 38 anos seguia pela Rua 13 de Maio e, ao fazer manobra para entrar na Avenida Marechal Rondon, se descontrolou e entrou na recepção da autoescola. O veículo destruiu a porta de vidro e só parou depois de atingir o balcão principal. O condutor fugiu, mas foi localizado pela Polícia Civil.

Segundo Paulo, quando quebrou a vidraça, a caminhonete arrancou parte do forro, rompendo os fios de instalação elétrica e cabos da rede de internet. “Atingiu também as cadeiras, bancos e outras peças de marcenaria que estavam no local. O prejuízo foi de todo tipo”, disse Paulo, que havia planejado expediente normal para esta segunda-feira.

Como consequência dos danos materiais, ainda não calculados, a autoescola ficou com o atendimento temporariamente comprometido. “Uma das secretárias aguardava para hoje a visita de sete novos alunos. Com o lugar desse jeito, fica difícil, mas vamos trabalhar, não podemos parar”, disse ele, que vai acionar o seguro para avaliar o prejuízo e liberar a reforma.

ACIDENTE

A caminhonete era ocupada por dois indivíduos e seguia pela Rua 13 de Maio, quando se descontrolou e invadiu o estabelecimento, que fica na Avenida Marechal Rondon. Pelas imagens da câmera de segurança é possível ver que, depois da batida, o passageiro sai a pé com uma sacola, enquanto o condutor manobra o veículo para fugir.

Investigadores da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do centro foram acionados e conseguiram localizar a L200 na Rua Antônio Maria Coelho. Junto com o passageiro, o motorista se apresentou e disse que perdeu o controle da direção ao fazer manobra para entrar na Marechal Rondon. O veículo pertence ao patrão dele e foi usado sem autorização.

 

Fonte: Correio do Estado

Comentários

comentários

Tente de novo

Pedido para recorrer multas de trânsito poderá ser feito pela internet

Matéria foi aprovada em primeira votação por deputados Cidadãos sul-mato-grossenses poderão pedir recurso de multas ...