sábado , maio 26 2018

‘Milionário do Whatsapp’ é executado dentro de academia na fronteira

Felipe Iván Diaz Villalba que já foi preso por tráfico de drogas em 2017, e era conhecido como “milionário do whatsapp”, foi executado na noite desta segunda-feira (12) dentro de uma academia em Pedro Juan Caballero no Paraguai.

Na época, Felipe foi preso por agentes da Divisão Antidrogas da Policia Nacional Paraguaia.

Ele era conhecido como “milionário do Whatsapp”, por postar imagens na rede social, ostentando dinheiro, joias e carros de luxo. Ele chegou a ser preso com seu irmão, Fábio Diaz Villalba.

Na ocasião, de acordo com o site Ponta Porã Informa, foi encontrado com os irmãos a quantia de US$ 9,6 mil, dez armas de diferentes calibres e modelos, vários veículos e diversas joias de ouro.

 

Fonte: midiamax.com.br

Comentários

comentários

Tente de novo

Junho deve ter bandeira tarifária amarela, prevê diretor da Aneel

A bandeira tarifária deve permanecer no patamar amarelo no mês de junho, o mesmo adotado ...