quinta-feira , julho 19 2018

Agentes vão usar espingardas calibre 12 para reforçar segurança em presídios

Armas fazem parte de pacote e vão para grupo especial de servidores

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) vai investir R$ 81.304,40 na compra de 20 espingardas Pump de repetição calibre 12, conforme extrato de contrato publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira. O armamento, adquirido por meio de diretrizes estabelecidas pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), será destinado ao Comando de Operações Penitenciárias (Cope) para fortalecer a segurança nos presídios.

Segundo a assessoria de imprensa, o Cope é constituído pelo Grupo de Intervenção Tática (GIT) e Grupo Tático de Escolta (GTE), integrados por agentes especializados em intervenções rápidas em ambiente carcerário, vigilância de muralhas e guaritas, escolta de presos e revistas de segurança nos estabelecimentos prisionais estaduais. A função é manter a ordem e a disciplina nas unidades de Mato Grosso do Sul.

As armas fazem parte de pacote de investimentos que vem sendo aplicado desde o início. Ao todo, são destinados R$ 995.335,40 do Fundo Penitenciário Nacional para a compra de, além das espingardas,  pistolas semiautomáticas de calibre .40 S&W, carabinas semiautomáticas calibre 5,56 x 45mm e pistolas calibre .40. As empresas que fornecerão os armamentos são a Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC), a Taurus Armas e a Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel).
Fonte: correiodoestado.com.br

Comentários

comentários

Tente de novo

Comarca de Bela Vista abre inscrições para seleção de estagiários

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de estágio para acadêmicos de Direito na ...