domingo , maio 20 2018

Ação da PF prende agente que facilitava entrada de celular em presídio

O nome da operação faz alusão ao apelido de um dos principais alvos, conhecido como “Zóio”, que liderava a organização familiar composta por três irmãos e seus respectivos cônjuges

A Polícia Federal deflagou na manhã desta quinta-feira (dia 19) a operação Ponto Cego para desmantelar organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas com ramificações dentro da PSM (Penitenciária de Segurança Média) de Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande. Agente penitenciário que facilitava a entrada de drogas e celulares no presídio está entre os alvos.

No total, 60 policiais cumpriram dez mandados de prisão preventiva, doze de busca e apreensão e um mandado de suspensão de exercício de função pública – expedidos pela 2ª Vara Criminal do município. Além de Três Lagoas, também houve prisão em Campo Grande.

Os investigados podem responder pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção ativa, corrupção passiva e formação de organização criminosa, cujas penas somadas podem chegar a 28 anos de prisão.

O nome da operação faz alusão ao apelido de um dos principais alvos, conhecido como “Zóio”, que liderava a organização familiar composta por três irmãos e seus respectivos cônjuges. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pela Polícia Federal.

 

Fonte: campograndenews.com.br

Comentários

comentários

Tente de novo

Marlon Maciel Divulga seu novo CD na Rádio Bela Vista AM 1440

Fronteiriça Linda é a nova musica do cantor sul-mato-grossense Marlon Maciel .O lançamento do cd ...

Eduardo Costa é investigado por fraude milionária em MG

Eduardo Costa está sendo investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais por suspeita de estelionato ...