terça-feira , julho 17 2018

PF irá montar grupo para combater ação de facções criminosas em MS

O objetivo é combater o tráfico de drogas e armas na fronteira

O superintendente da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, Luciano Flores de Lima, disse nesta quinta-feira (03), em Dourados, cidade a 225 quilômetros de Campo Grande, que a PF irá criar um grupo especial de atuação para investigar a ação de facções criminosas no estado.

O superintendente deu posse nesta quinta ao novo delegado policial federal da cidade, Chang Fan. O objetivo, de acordo com Luciano Flores de Lima, é o de combater o tráfico de drogas e armas na fronteira com os países vizinhos com serviço de inteligência.

Corrupção

No último dia 18 de abril, o Luciano Flores de Lima comentou sobre corrupção. De acordo com o superintendente, o dinheiro desviado dos cofres públicos, no ano de 2016, poderia aumentam em 89% o número atual de leitos hospitalares no Brasil.

“A corrupção é um assassino silencioso. A corrupção mata, ela bate na nossa porta em forma de hospital que não tem recurso para curar nossa doença, para salvar um familiar quando ele precisa de medicamentos ou equipamentos. São muitos os reflexos da corrupção e nós vemos no dia a dia de quem mais precisa”, afirmou, durante palestra na Câmara Municipal de Campo Grande.

 

Fonte: midiamax.com.br

Comentários

comentários

Tente de novo

Ativistas que invadiram final da Copa são condenados a 15 dias de prisão

Além disso, eles também foram banidos de eventos esportivos por 3 anos Os quatro ativistas ...