segunda-feira , junho 18 2018

Thiago Silva lamenta greve no Brasil e quer o hexa para retribuir o povo

Nem mesmo os jogadores da Seleção Brasileira se safaram dos reflexos da paralisação dos caminhoneiros, que nesta terça-feira completa nove dias. Após o treinamento comandado por Tite no CT do Tottenham, em Londres, na Inglaterra, o zagueiro Thiago Silva concedeu entrevista coletiva e garantiu que o caos instaurado no Brasil serve de motivação extra para o elenco conquistar a Copa do Mundo, já que até ele próprio teve de deixar o carro na garagem em seu dia de folga antes de viajar à Europa.

Sem combustível em grande parte do território nacional, filas quilométricas vem se formando nas redondezas dos postos de gasolina. A interrupção no escoamento de produtos também afeta diretamente outros setores da economia, esvaziando as prateleiras de mercados e causando impacto considerável na área da saúde.

“A gente fica triste, porque somos brasileiros e temos familiares no Brasil. Em um dia de folga antes de vir para Londres, você procura postos para colocar gasolina e meu carro ficou na garagem. A tristeza bate, porque somos todos brasileiros e queremos um Brasil melhor”, afirmou Thiago Silva.

Embora tenha sido reserva em grande parte da campanha da Seleção Brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas sob o comando do técnico Tite, Thiago Silva é um dos cotados para formar a dupla de zaga verde e amarela no Mundial da Rússia. No entanto, independentemente de seu status na Copa, ele garante que a grave crise pela qual o País atravessa inspira o grupo a amenizar o sofrimento da população com a conquista do hexacampeonato.

“[A situação] Não afeta diretamente a Seleção, mas nos dá motivação para nos prepararmos da melhor maneira possível e tentar levar essa Copa para o Brasil para dar um pouco mais de alegria para o povo”, completou o zagueiro capitão do Brasil na Copa do Mundo de 2014.

O Brasil volta a trabalhar nesta quarta-feira, dia em que Marcelo e Casemiro se apresentam à Seleção. Roberto Firmino, outro convocado que disputou a final da Liga dos Campeões no último sábado, também tinha chegada prevista no mesmo dia que a dupla do Real Madrid, porém, decidiu antecipar sua apresentação e já treinou com os demais companheiros nesta terça.

Fonte: correiodoestado.com.br

Comentários

comentários

Tente de novo

Morte de PM é apurada em segredo e tem traços de pistolagem da fronteira

Ilson Martins de Figueiredo, de 62 anos, foi executado com tiros de fuzil AK-47 após ...