quarta-feira , agosto 15 2018

Usina retoma atividades com promessa de gerar mais de mil empregos

Investidor americano fez aporte de US$ de 90 milhões

Depois de três anos fechada, a usina de álcool Rio Amambai Agroindústria foi reativada e inaugurada em Naviraí. A unidade inicialmente pertencia ao grupo Infinity e agora receberá investimentos do fundo investidor norte-americano, Amerra.

Para retomar as atividades foram investidos U$$ 90 milhões que possibilitarão uma produção de 3,2 milhões de toneladas de açúcar nos próximos três anos, além da geração de mais de mil empregos diretos.

Representante da Amerra, Rogério Martins, explica que foram  cultivados 18 mil hectares de cana-de-açúcar para manter a usina e na safra de 2018/2019 o consumo já deve subir para 2,1 milhões de toneladas. Para isso, conta com 700 funcionários diretos e outros 380 indiretos, somando mais de 1 mil novos postos de trabalho locais.

REFORÇO INSTITUCIONAL

Outro apoio que fortalecerá as finanças da agroindústria veio do governo do Estado, por intermédio da Secretaria e Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

“Todos aqui presentes estão fazendo uma nova história. Obrigado por confiarem novamente no Estado e digo que nós acreditamos nesse empreendimento e por isso apoiamos”, disse ao ressaltar que esta é mais um resultado da política de atração de investimentos adotadas pelo Governo do Estado desde 2015.

Para o prefeito José Izauri de Macedo, a usina é o “ícone do desenvolvimento” de Naviraí, isso por que foi a primeira grande empresa a se instalar no município. “A reabertura desta usina gera para nós muita perspectiva positiva, já que para nós ela representa emprego, renda e desenvolvimento”, conta.

Presidente da Biosul, Roberto Hollanda, explica que a Rio Amambai vai produzir etanol e açúcar e passa a integrar o grupo de 19 usinas em operação em Mato Grosso do Sul. “O Estado consome 46 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano e a nova unidade abre as portas em um bom momento e com ótimas perspectivas de produção”.

 

Fonte: correiodoestado.com.br

Comentários

comentários

Tente de novo

Justiça Federal nega tentativa da defesa e confirma legalidade de escutas na Lama Asfáltica

3ª Vara também reafirmou competência para julgar desvios de verba do BNDES O juiz da ...