HOSPITAL BELA-VISTENSE REALIZA QUASE 40 CIRURGIAS ELETIVAS POR MÊS

O Hospital São Vicente de Paulo, em Bela Vista, vem realizando, mensalmente, cerca de quarenta cirurgias eletivas, aquelas que não são urgentes ou emergentes e podem ser agendadas. Os procedimentos são todos gratuitos, custeados pelo município em parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo o diretor do Hospital, Sidney Aristimunho, a equipe liderada pelo médico Ary Prieto Fernandes Cruz, auxiliada pelo médico anestesista Gustavo Spolon Junqueira, de Jardim, vem atingindo uma média de nove cirurgias por semana, quatro de médio e grande porte e outras cinco de pequeno porte.

“O prefeito Reinaldo Piti, incansavelmente, vem buscando meios para que possamos atender a nossa população da melhor maneira. Sempre nos pedindo que façamos de tudo para que não fique nenhum paciente esperando por algum procedimento que vá melhorar sua qualidade de vida”, conta Sidney.

Antes do processo cirúrgico, geralmente, o paciente é atendido em um Posto de Saúde Municipal, que acaba o encaminhando para o Setor de Cirurgia Eletiva do Hospital, coordenada pelo enfermeiro Paulo Sérgio Aranda Orosco. Em seguida o paciente passa por avaliações, consultas pré-operatórias e de riscos cirúrgicos.

Entretanto, a cirurgia só é marcada após a aprovação dos laudos enviados para o Núcleo Regional de Saúde, de Jardim. A aprovação precisa ser feita pela médica Patrícia dos Reis Ruiz, auditora do SUS. Entre os procedimentos de maior demanda, estão as cirurgias de hérnia, vesícula, remoção de útero, fimose, próstata e cirurgia plástica da vagina e períneo.

 

Fonte: oterere