BELA VISTA: DECRETO SOBRE CORONAVÍRUS TEM MEDIDAS PARA VELÓRIOS E SERVIÇOS FUNERÁRIOS

O Decreto publicado na segunda-feira (6/4), pela Prefeitura de Bela Vista, sobre o funcionamento dos estabelecimentos comerciais, também destaca medidas para a realização de velórios e serviços funerários. No caso de morte confirmada ou suspeita por coronavírus, recomenda-se que não seja realizado velório neste período de isolamento social.

Entretanto, caso aconteça, aconselha-se que o caixão permaneça fechado durante todo o velório e funeral, evitando qualquer contato com o corpo do falecido. E que se disponibilize água, sabão, papel toalha e álcool em gel a 70% para higienização das mãos durante o velório. E que se posicione o caixão em local aberto ou ventilado; e que se evite a presença de pessoas que pertençam ao grupo de risco, como idosos com mais de 60 anos, gestantes, lactantes, portadores de doenças crônicas e imunodeprimidos.

Não são permitidas as presenças de pessoas com sintomas respiratórios; caso seja imprescindível, elas devem usar máscara cirúrgica comum, permanecer o mínimo possível no local e evitar o contato físico com os demais. Proibida a disponibilização de alimentos. Para bebidas, devem-se observar as medidas de não compartilhamento de copos.

A cerimônia de sepultamento não deve contar com aglomeração de pessoas, respeitando a distância mínima de, pelo menos, dois metros entre elas, bem como outras medidas de isolamento social e de etiqueta respiratória; recomenda-se que o enterro ocorra com no máximo 10 pessoas, não pelo risco biológico do corpo, mas sim pela contraindicação de aglomerações.

O velório deve ocorrer no menor tempo possível, com duração máxima de 4 horas. O transporte do corpo deve ser feito conforme procedimentos de rotina, com utilização de revestimentos impermeáveis para impedir o vazamento de líquido. O carro funerário deve ser submetido à limpeza e desinfecção de rotina após o transporte.

 

Fonte: oterere