Secretário sugere apoio policial por quarentena em novo “epicentro” da covid-19

Com 34 casos confirmados em escalada de menos de uma semana, Guia Lopes da Laguna – a 230 quilômetros de Campo Grande – assumiu a primeira posição estadual no ranking de municípios com maior incidência de novo coronavírus no Estado. A disparada levou o titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Geraldo Resende, a manter diálogo frequente com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Antonio Carlos Videira, caso seja necessária intervenção policial na cidade da região sudoeste.

(Infográfico: Reprodução/SES)

Até o momento, todos os casos confirmados no município estão em isolamento domiciliar.

A região preocupa particularmente a SES, uma vez que não existem leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) para casos graves da doença em Guia Lopes, tampouco respiradores. A vizinha, Jardim, com oito casos confirmados também não tem. Eventuais internações devem ser reguladas para Campo Grande.

Apelo – Guia Lopes está sob lockdown. As pessoas só podem sair de casa até duas vezes na semana, em regime de rodízio, e exclusivamente para atender necessidades básicas, como ir ao mercado e à farmácia.

Em transmissão ao vivo nesta manhã, o prefeito Jair Scarpini (PSDB) disse que outros cinco exames de pessoas com suspeita de contaminação pela covid-19 estão sob análise de laboratório. Pessoa identificada no vídeo pelo mandatário apenas como pastor Marcelo revelou “grande quantidade de coletas” prevista para hoje.

O município abriu processo seletivo para contratar um médico e três enfermeiros, a fim de reforçar as ações de enfrentamento ao novo coronavírus.

Durante transmissão, pastor Marcelo chegou a citar versículo bíblico a fim de apelar pelo isolamento social, e ainda sugeriu uso de máscaras de proteção facial mesmo dentro de casa.

“‘Povo meu, entra nos teus quartos, fecha as tuas portas, esconde-te só por um momento até que tenha passe a ira’. Vamos ficar em casa, se isolar. As pessoas continuam transitando, fazendo festa no seu dia a dia. Não toma mais tereré junto com muitas pessoas, não se aglomera”, clamou.

No domingo (10), principais espaços públicos do município passaram por desinfecção. Segundo informado na transmissão ao vivo, o trabalho começou durante o dia e terminou só pela noite.

Com o lockdown em vigor, a cidade registrou maior taxa de isolamento social do Estado para o Dia das Mães, com 70,8%. A média sul-mato-grossense foi de 41,9%.

 

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS