Messi doa R$ 3 milhões para hospitais na Argentina combaterem o coronavírus

Lionel Messi decidiu doar 500 mil euros, cerca de 3,1 milhões de reais, para a Fundação Garrahan, na Argentina. O dinheiro foi destinado para pacientes infectados pelo novo coronavírus e será usado na compra de respiradores e EPIs, iteins fundamentais no combate à Covid-19.

O jogador já havia contribuído com um hospital na Espanha e agora decidiu dar apoio ao país natal. Segundo o portal “Infoae”, a doação de Messi foi suficiente para importar cinco equipamentos de frequência e proteção para profissionais.

A Argentina determinou a prorrogação do isolamento social, preventivo e obrigatório até o dia 24 de maio. Autoridades locais, no entanto, têm autonomia para definir quais atividades e serviços podem voltar a funcionar, sob algumas condições.

As regras são distintas para cidades com mais de 500 mil habitantes e para a região metropolitana de Buenos Aires. A Argentina registrou 285 novos casos de covid-19 entre domingo (10) e segunda (11), com cinco óbitos causados pela doença. As informações foram divulgadas hoje pelo Ministério da Saúde do país.

 

Fonte: midiamax