De MS para o BBB, Fael trocou “fama passageira” por vida de fazendeiro

Atualmente, Fael trocou a fama pela "vida de gado" (Foto: Arquivo Pessoal)

Após conquistar o prêmio de R$ 1,5 milhão (e sem dedução de impostos) na 12ª edição do Big Brother Brasil, ser um dos “personagens” mais polêmicos do programa e ter recebido o maior índice de aceitação pelo público (92%), Rafael Alves Cordeiro – mais conhecido pelo apelido de Fael – viu passar seus 15 minutinhos de fama e decidiu virar de página. Passados 9 anos do BBB12, hoje toca o investimento de duas fazendas em Mato Grosso do Sul.

Em entrevista ao GShow, o médico veterinário natural de Aral Moreira, distante 296 quilômetros da Capital, trocou a fama e a vida em clínicas para ser dono e administrador de propriedades rurais ao lado da esposa.

“Nunca pensei em ser artista, sempre soube que a fama é passageira e já entrei no programa para vencer e trabalhar com o que eu gosto: terra e gado”, afirmou.

Antes, Fael transitava pelo eixo Rio-São Paulo onde simplesmente aproveitava a fama. Entretanto, admitiu nunca ter tido jeito para a coisa – muito menos esquecido dos anos de lida.

“O Big Brother Brasil foi fundamental para eu ter conquistado o que hoje eu tenho, resultado de muito trabalho e amor. O programa alavancou a minha vida”, comentou sobre sua participação no BBB12.

Sem problemas financeiros – muito pelo contrário –, Fael se sente realizado com a vida na roça, onde trabalha exclusivamente com a criação de gado. Por isso, sua formação acadêmica bem que veio a calhar.

“É muito gratificante trabalhar com o que gosto. Não tenho só o olhar do homem do campo, mas também do médico veterinário. Não preciso contratar profissional nessa área”, brinca.

Após o programa – Fael é casado há dois anos com a cirurgiã-dentista Anna Flavia e é pai da pequena Laura, de 2 aninhos. Além de ter sido o grande vencedor na época da edição, ele levou pra vida dois amigos naquela edição: Jonas, seu fiel escudeiro de confinamento, e João Maurício, que inclusive foi padrinho do seu casamento. Tanto é que os três foram apelidos de “El Trio Peligrosso” por Bial, que na época apresentava o BBB.

E por falar no programa, ex-brother confessa ainda ser fã: “adoro! Sempre que posso, acompanho cada nova edição, recordo tudo que vivi e torço como qualquer outro telespectador”, finaliza.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: [email protected] ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

 

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS