‘Fato histórico’: MS está há cinco dias sem registrar novas mortes por coronavírus

"É um fato histórico", comemorou o secretário de saúde. - Chico Ribeiro/Governo de MS

Demorou, mas o dia chegou: depois de mais de um ano de pandemia, Mato Grosso do Sul não registrou nenhuma morte nas últimas 24 horas. É o primeiro boletim epidemiológico estadual que não inclui novos óbitos. Melhor ainda, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) anunciou que MS não há vítimas da covid desde a última sexta-feira (15).

[Colocar ALT]
Painel que apresenta as mortes apareceu assim: vazio. (Foto: Reprodução)

A notícia foi anunciada logo no início da live da SES, pelo secretário estadual de saúde, Geraldo Resende. Ele comentou que não foram registradas novas mortes nos últimos cinco dias e que os óbitos anunciados no início da semana eram de semanas ou meses anteriores. “Desde o dia 15, não temos nenhum caso de óbito registrado. O boletim hoje está divulgando zero óbitos”, frisou.

Resende reforçou que há muito tempo não havia um boletim epidemiológico sem mortes. “Desde 31 de março de 2020, há mais de um ano e seis meses, não tivemos um dia tão bom como esse, de anunciar que não tivemos nenhuma morte. É a primeira vez que a gente anuncia oficialmente a ausência de óbitos registrados no nosso boletim”, disse.

Queda na média móvel e internações

Mato Grosso do Sul já soma 375.571 casos confirmados de Covid-19, com 62 novos registros nesta quarta-feira (20). Os registros são referentes aos últimos dois dias, já que o boletim não é mais divulgado diariamente. MS tem uma média móvel de 118 infectados e 3,4 mortes por dia.

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 1.074.737 casos notificados, dos quais 698.926 foram descartados. Há 61 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 179 casos sem encerramento pelos municípios.

Os novos casos trazem Ponta Porã à frente, com 23 novos casos, seguida por Três LAgoas (6), Ivinhema (5), Paranaíba (5), Amambai (4), Dourados (4), Naviraí (4), Cassilândia (3), Mundo Novo (3), Bonito (2), Corumbá (2), Costa Rica (2), Inocência (2), entre outros.

De 375.571 casos confirmados em MS, 365.088 pacientes se recuperaram. Em relação às internações, MS tem 51 pacientes internados. Destes, 29 estão em leitos clínicos (23 públicos e 6 privados) e 22 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 20 estão em leitos públicos e 2 em privados. A taxa de ocupação de leitos de UTI públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 36% em Campo Grande, 40% em Dourados, 14% em Três Lagoas e 29% em Corumbá.

 

Fonte: midiamax.uol.com.br