Douradenses caem em golpes de plataformas de investimentos em moedas digitais

Os dois casos foram registrados na Depac - Crédito: Hedio Fazan/Dourados News/Arquivo

Vem crescendo nos últimos meses em Dourados os registros de denúncias de golpes aplicados por meio de empresas financeiras ‘de faixada’ que prometem ganhos astronômicos através de supostos investimentos em moedas digitais, conhecidas como ‘criptomoedas’.

Uma mulher de 25 anos moradora no Jardim Esplanada, em Dourados, registrou Boletim de Ocorrência relatando que perdeu mais de R$ 13 mil após aplicar a alta quantia na falsa plataforma de investimentos “Trading Connect”.

Ela disse que transferiu via PIX, R$ 11.987,00 no dia 22 de abril deste ano. A promessa da empresa, com base no valor depositado, era de lucro em torno de R$ 1,4 mil a cada 48 horas.

No dia 27 de abril a “Trading Connect” registrou aumento de 1.423,01 em seu perfil na plataforma digital e a vítima, empolgada, aplicou mais R$ 1.435,40.

Porém, depois de dois dias da segunda aplicação, a mulher percebeu que a plataforma começou a apresentar problemas e que apesar de aparecer o saldo para saque, ela não conseguiu retirar o dinheiro da conta digital.

No dia 6 de maio o site e a plataforma saiu do ar, sendo impossível efetuar o acesso.

Outro caso

No dia 28 de abril, um homem de 30 anos também procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) para registrar Boletim de Ocorrência versando sobre o mesmo tipo de crime.

O morador do bairro Campina Verde, em Dourados, afirma que aplicou R$ 2.909,55 no aplicativo de investimento em ‘criptomoedas’ “Data A.I.”, através de depósito via PIX.

A empresa também prometia um retorno significativo de mais de R$ 1,7 mil por mês a partir do valor depositado pela vítima.

No dia 30 de abril ele percebeu que o valor estava supostamente creditado na plataforma digital, porém no dia 6 de maio o sistema do aplicativo havia sido retirado do ar, não sendo possível consultar as informações.

Ele afirma que após fazer algumas pesquisas na internet percebeu que já haviam denúncias contra a falsa empresa.

 

Fonte: douradosnews.com.br