Ministério Público abre inquérito sobre festas eletrônicas no Festival de Bonito

Tenda de festa de música eletrônica no em Bonito (Foto: Reprodução)

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul abriu o inquérito civil para acompanhar medidas da Prefeitura de Bonito em relação a festas de música eletrônica que acontecem no bairro Jardim Andreia durante o Festival de Bonito.

O Inquérito aberto em maio foi tornado público nesta no Diário Oficial do Ministério Público desta quinta-feira. Segundo a publicação, o objetivo é “acompanhar as providências adotadas pelo Município de Bonito para conter e evitar os danos causados a coletividade de moradores/consumidores do bairro Jardim Andreia pelos eventos ininterruptos de música eletrônica durante o Festival de Inverno de Bonito”.

Na fundamentação de seu pedido de abertura de inquérito, a promotora Ana Carolina Castro considera importante o acompanhamento, pois uso abusivo de instrumentos sonoros configura violação à paz pública.

Ela também afirma “ser direito básico do consumidor a proteção à saúde e segurança, contra os riscos provocados por práticas no fornecimento de produtos e serviços considerados perigosos ou nocivos”

Festival – O festival é um evento anual realizado em Bonito. Este será realizado de 21 a 25 de agosto. Nesse evento é oferecido música ao vivo, palestras, literatura, teatro e até mesmo exposição de artes.

Apesar das atrações ainda não estarem todas definidas, o cantor Alexandre Pires, a cantora Sandra de Sá e as bandas Olodum e Monobloco já estão confirmadas para animar o Festival de Inverno de 2024.

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS