No 10º dia de buscas, bombeiros voltam à área onde idosa sumiu em trilha

Bombeiros realizam buscas na cachoeira Los Pagos, em São Gabriel do Oeste. (Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros)

No décimo dia de buscas, bombeiros militares percorrem área denominada como “zona quente” onde Tânia Bonamigo, de 62 anos, foi vista antes de se perder. A idosa desapareceu em uma trilha na Cachoeira Los Pagos, em São Gabriel do Oeste, a 137 km da Capital.

Desde o início das buscas os militares percorreram um raio de 2 km divididos em quadrantes. Hoje as equipes realizam vistorias em rochas e fendas nas proximidades da cachoeira onde Tânia foi vista pela última vez, na tentativa de achar algum vestígio que leve até ela.

Cães de busca e resgate, drones e helicópteros são usados para auxiliar nas buscas. A área é de difícil acesso e contém grandes riscos. Até o momento as equipes de buscas seguem sem nenhum vestígio da idosa.

Desaparecimento – Conforme apurado pelo Campo Grande News, Tânia mora em Campo Grande e estava acompanhada de parentes, quando se afastou por alguns minutos do grupo que fazia a trilha e acabou desaparecendo. Ninguém soube informar se ela chegou a entrar na cachoeira, que tem 70 metros de queda.

Na última sexta-feira (14), a Polícia Civil de São Gabriel do Oeste instaurou inquérito para colher detalhes sobre o desaparecimento da turista. Helicóptero da Polícia Rodoviária Federal chegou  a ser usado nas buscas e uma equipe de 20 militares trabalha desde o dia 9 de janeiro.

 

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS